Por Favor aguarde...
 
 

Neste momento, está a fazer Dieta?

Ver Resultados

Alimentação Saudável e Económica

Alimentação Saudável e Económica

Uma das principais despesas familiares é a alimentação. E é também a única despesa que não podemos deixar de fazer, visto que não vivemos sem comer.

E também não podemos deixar de lado a qualidade quando falamos em alimentação.


Assim é importante ter em conta algumas coisas importantes de forma a preservar a qualidade e ainda assim poupar.


Veja aqui alguns conselhos práticos de como poupar na alimentação.

Poupar "no Trabalho"

Pequeno-Almoço:

  • Tome o pequeno-almoço em casa, fica muito mais barato que comer no café e evita impulsos para consumir mais um bolo, por exemplo.

Lanches (da Manhã ou Tarde):
  •  Se gosta de fazer pequenos laches a meio da manha ou da tarde, em vez de ir à pastelaria ou ao café cada vez que quer matar o bichinho, prefira levar bolachas.
  •  Ajudam a enganar a fome, é menos calorico, por isso mais saudável, e é mais barato.
  •  Quando comprar bolachas prefira os grandes pacotes aos de pacotes individuais. Pode levar as bolachas numa caixinha e comer sempre que quiser.
  •  Poupa na compra de bolachas e ajuda a uma alimentação mais saudável
  •  Pode ainda escolher bolachas integrais.
  •  Leve uma garrafa de água de casa, assim evita ter que comprar em locais onde seja mais cara.

Almoço:
  •  Se tiver que almoçar fora de casa, deve:
  •  Evitar fast food. Podem ser mais baratos que uma refeição decente num restaurante e podem ser mais cómodos e rápidos, mas não devemos cair em tentações que só prejudicarão a curto e longo prazo o nosso organismo e a nossa saúde.
  •  Levar almoço de casa. Prepare os alimentos em casa - quanto menos conservantes eles tiverem, melhor.
  •  Além disso, preparar/cozinhar os alimentos em casa fica mais em conta.
  •  Se acha que gasta muito tempo a cozinhar, faça-o nas folgas ou durante o fim de semana. Pode congelar em doses individuais para depois comer durante o resto da semana.
  •  Fazer Sopa. A sopa é dos pratos mais ricos e variados. Além de ser mais barato. Mesmo os nutrientes que se dissolvem na água ficam na sopa, porque na sopa essa água é consumida.
  •  Cozinhar em maior quantidade e guarde para outro dia, poupa por exemplo, em gás, água e electricidade - que despenderia a cozinhar outra vez - além disso, pode sempre levar para o seu almoço no dia seguinte.

Poupar "em Casa"
  •  A fruta pode ser, por vezes, cara, principalmente se for comprada fora de época.
  •  A Solução: Comprar/comer fruta da época: é mais barata, e há em maior quantidade. Como é genuína, isto é, verdadeira e natural, é mais suculenta, e tem menos químicos - por isso é melhor e tem mais qualidade.
  •  Faça Saladas (alface, tomate e coentro, temperada com vinagre e sal de cozinha) são ricas em vitaminas e não há nada melhor que uma boa salada como entrada para começar uma refeição; ou  uma sopa para "forrar" o estômago - e por isso comer menos no prato principal.
  •  Beba Leite. É um alimento completo e é barato. Beber leite ou comer alimentos derivados dele (queijo, iogurte, manteiga) todos os dias é muito importante para o nosso corpo, pois é uma fonte de cálcio, fósforo, iodo, potássio e várias vitaminas e previne várias doenças, como por exemplo a osteoporose.
  •  Se puder e tiver terreno para isso, cultive você mesmo os seus alimentos. por exemplo: alface, pepinos, tomates, algumas árvores de fruta, etc...
  •  Prefira água da torneira a água engarrafada. Se tem receio da qualidade da sua água, compre um filtro de água.
  •  Evite os snacks (batatas fritas de pacote, etc), pois são normalmente produtos de pobre nutrição e pouco saudáveis. Ainda assim, se comprar, opte pelos de tamanho familiar. Poupa imenso.
  •  Não coma só carnes, há outras fontes ricas de proteína (feijão, ovos, etc).
  •  Se gosta e consome regularmente sumos, opte por concentrados em vez de refrigerantes.

Poupar "nas Compras"
  •  Não vá as compras com fome.
  •  Faça uma lista antes de ir às compras. Pode economizar se não fizer compras impulsivas nos hipermercados.
  •  Se seguir a lista, não terá a tentação de procurar as promoções de artigos que normalmente não precisa.
  •  Se cozinhar em casa, leve a lista dos ingredientes necessários para a semana toda, assim vai economizar também nas deslocações ao supermercado.
  •  Compre em grandes quantidades produtos que têm prazos de duração grandes (massas, feijão, arroz, pasta de dentes, champô, papel higiénico, etc), pode aproveitar promoções e poupar em deslocações.
  •  Experimente produtos de marca genérica - a qualidade é igual ou superior às de marca, mas com custos mais baixo.
  •  Procure se existe uma marca genérica dos produtos que pretende.
  •  Se não encontrar legumes/fruta da época barata, pode optar pelas conservas. Como são embalados ainda frescos, mantém a qualidade e os valores nutricionais e ficam mais em conta.
  •  Compre carne não preparada. Prefira o talho às embalagens.Compre peças maiores. Compre, por exemplo, a galinha inteira e prepare-a você.
  •  Use cupões de descontos. Mas apenas para aqueles produtos que já consome normalmente, e não para produtos ricos em gorduras ou açúcares.
  •  Beber no mínimo 1,5L de água por dia. Isto vai ajudar a manter o seu corpo hidratado e não sentir fome quando ela não existe.


Veja também aqui as nossas sugestões de Receitas Saudáveis.



 
Votar
 

 
comments powered by Disqus