Por Favor aguarde...
 
 

Neste momento, está a fazer Dieta?

Ver Resultados

Em Portugal, 1 em 3 crianças é alérgica

Em Portugal, 1 em 3 crianças é alérgica

Uma em cada três crianças portuguesas sofre de doença alérgica, segundo a Sociedade Portuguesa de Alergologia Pediátrica.


O panorama foi traçado pelo presidente da recente Sociedade Portuguesa de Alergologia Pediátrica (SPAP), Libério Ribeiro.


Esta patologia é mais prevalecente na idade pediátrica e geralmente torna-se uma companhia ao longo da vida. É mais frequente ser de origem alimentar, com a intolerância à proteína do leite de vaca a surgir em primeiro lugar, seguida do ovo, peixe e frutos secos.

Segundo o presidente da SPAP, cerca de 80% das doenças alérgicas começam nos primeiros anos de idade e são, em grande parte, hereditárias.

A partir dos 2 ou 3 anos de idade, começam a aparecer as alergias por via respiratória ou inalatória. Os ácaros ou os animais são normalmente os responsáveis por estas alergias, nos primeiros anos, com a intolerância aos pólenes a surgir geralmente por volta dos 6 ou 7 anos de idade, num movimento evolutivo da alergia chamado marcha alérgica.

Libério Ribeiro lamenta que haja uma subvalorização, subdiagnóstico e subtratamento, da doença, que começa logo nos próprios pais e que se estende muitas vezes a alguns médicos: “Há médicos que se limitam a tratar os sintomas que se vão apresentando sem tratar a origem da doença. Temos de nos lembrar que são doenças inflamatórias crónicas que têm de ser tratadas”, explica.

A Sociedade Portuguesa de Alergologia Pediátrica foi criada oficialmente no mês passado, com a missão de fazer parcerias com outras entidades, para ficar em pé de igualdade com as sociedades congéneres.




Notícias por mês:  
 
Votar

 
comments powered by Disqus