Por Favor aguarde...
 
 

Neste momento, está a fazer Dieta?

Ver Resultados

Morte fetal prematura

Morte fetal prematura

A posição em que as mães dormem durante a gravidez é o factor mais determinante das mortes fetais prematuras.


Dormir para o lado esquerdo pode reduzir o risco de morte do feto, sugerem investigadores neo-zelandezes.


As mulheres que dormem de costas ou para o lado direito, apresentam quase o dobro do risco de dar à luz um nado-morto.


Os partos com nados-mortos ocorreram em 1,96/1000 casos nas mulheres que dormiam para o lado esquerdo, comparando aos 3,93/1000 casos que dormiam noutras posições.


Tomasina Stacey, lider do estudo, sugere uma das possibilidades que está na origem destes acontecimentos.

Deve-se ao facto de, quando a grávida dorme numa posição que não para o lado esquerdo, o feto pode comprimir a veia cava inferior, que leva sangue para o coração, o que conduz a uma diminuição da quantidade de sangue oxigenado que volta do coração para os órgãos da mãe e, por consequência, para o bebé.






  • Plano de verão 2011 no Algarve

  • Risco de contaminação pela terra

    Terra contaminada pode originar toxocaríase ocular, segundo um inquérito realizado por oftalmologistas americanos publicado na "Morbidity and Mortality Report".




  • Deixar de fumar e tendência para engordar

    Deixar de fumar, engorda, dada a sua ligação com a redução do apetite. Estes dados podem levar ao desenvolvimento de novos fármacos para evitar que ex-fumadores engordem.




  • Enfarte pode ser pior se sentir medo de morrer


    Num estudo publicado no "European Heart Journal", as pessoas que sentem muito medo de morrer durante um enfarte do miocárdio e nos dias seguintes, parecem apresentar uma maior inflamação, um indicador que anuncia mais problemas de saúde que os pacientes que não sentem medo.



  • Dormir pouco reduz níveis de testosterona

    De acordo com um estudo da Universidade de Chicago, EUA, publicado no "Journal of American Medical Association", dormir menos de cinco horas por noite reduz drasticamente os níveis de testosterona de um homem jovem e saudável.


  • E.coli: Afinal, é mortal?

    A Organização Mundial de Saúde anuncia tratar-se de uma nova estirpe nunca antes detectada. Portugal é um país com baixo risco para a infecção pela bactéria E-coli, mas a OMS mantém-se preocupada e atenta à situação. A bactéria que já causou mortos na Alemanha, está agora presente nos pepinos vendidos em Portugal.



  • Uma ameaça à fertilidade masculina!

    Um estudo da Queen's University, no Canadá, sugere que para os homens que estão a tentar conceber e têm uma pobre qualidade de esperma, devem limitar o uso do telemóvel.



Notícias por mês:  
 
Votar

 
comments powered by Disqus