Por Favor aguarde...
 
 

Neste momento, está a fazer Dieta?

Ver Resultados

Dormir pouco reduz níveis de testosterona

Dormir pouco reduz níveis de testosterona

De acordo com um estudo da Universidade de Chicago, EUA, publicado no "Journal of American Medical Association", dormir menos de cinco horas por noite reduz drasticamente os níveis de testosterona de um homem jovem e saudável.


Eve Van Cauter, líder do estudo e professora de Medicina da Universidade de Chicago, afirma que a baixa de testosterona tem uma série de consequências negativas para os jovens e não apenas na líbido, mas também na reprodução.


Reforça ainda que os níveis saudáveis de testosterona são fundamentais na construção da força e massa musculares, tal como da densidade óssea.


A amostra foi de dez jovens que foram recrutados da Universidade de Chicago. Todos passaram por uma série de testes rigorosos para triagem de distúrbios endócrinos ou psiquiátricos e problemas de sono. Todos eles tinham uma média de 24 anos, eram magros e de boa saúde.


No estudo, os voluntários passaram três noites no laboratório de sono onde dormiram dez horas e mais oito noites em que dormiram menos de cinco horas.


Só se aparentou uma baixa dos níveis de testosterona com uma semana de sono curto. Cinco horas de sono diminuíram os níveis de testosterona entre 10 a 15%.
Os jovens relataram uma diminuição da sensação de bem-estar, do ânimo e vigor ao longo dos dias de restrição do sono.





  • Plano de verão 2011 no Algarve

  • Morte fetal prematura

    A posição em que as mães dormem durante a gravidez é o factor mais determinante das mortes fetais prematuras.

  • Risco de contaminação pela terra

    Terra contaminada pode originar toxocaríase ocular, segundo um inquérito realizado por oftalmologistas americanos publicado na "Morbidity and Mortality Report".




  • Deixar de fumar e tendência para engordar

    Deixar de fumar, engorda, dada a sua ligação com a redução do apetite. Estes dados podem levar ao desenvolvimento de novos fármacos para evitar que ex-fumadores engordem.




  • Enfarte pode ser pior se sentir medo de morrer


    Num estudo publicado no "European Heart Journal", as pessoas que sentem muito medo de morrer durante um enfarte do miocárdio e nos dias seguintes, parecem apresentar uma maior inflamação, um indicador que anuncia mais problemas de saúde que os pacientes que não sentem medo.



  • E.coli: Afinal, é mortal?

    A Organização Mundial de Saúde anuncia tratar-se de uma nova estirpe nunca antes detectada. Portugal é um país com baixo risco para a infecção pela bactéria E-coli, mas a OMS mantém-se preocupada e atenta à situação. A bactéria que já causou mortos na Alemanha, está agora presente nos pepinos vendidos em Portugal.



  • Uma ameaça à fertilidade masculina!

    Um estudo da Queen's University, no Canadá, sugere que para os homens que estão a tentar conceber e têm uma pobre qualidade de esperma, devem limitar o uso do telemóvel.



Notícias por mês:  
 
Votar

 
comments powered by Disqus